21 de março de 2009

Che, el Argentino

Goste-se ou nao da personagem. Para uns, será sempre um herói do século XX, que lutou na defesa de uma ideia de justiça e de igualdade. Para outros, um louco ou um assassino. Importa mesmo é ver este filme que mostra a sua (porque baseada nos seus diários) versao dos acontecimentos até à capitulaçao do regime de Baptista em Cuba, enfim a tomada da Sierra Maestra até à partida para Havana. A segunda parte do filme mostra o seu percurso na Bolívia, como tentativa de alastrar a Revoluçao a toda a América Latina, e que, inevitavelmente, o conduz à morte...