4 de fevereiro de 2010

João Paulo, entre outros, e agora também Nanando...

Muitos dos momentos mais bonitos que guardo de Moçambique são sem dúvida os concertos a que assisti. Vi Nanando pela última vez num concerto no Franco-Moçambicano, de que ainda guardo um vídeo no telemóvel. Acho que sei agora porque o guardo. Foi embora no dia 2, mas, como diz o Stewart, "Nanando foi, mas ficou a sua música..."