13 de junho de 2010

E tu e eu o que é que temos que Fazer?




E nós respondíamos "Talvez Foder, Talvez Foder", como bons portugueses, sempre tão solícitos...


Resultou bastante curioso (para não dizer surreal) o facto de estarmos umas centenas de portugueses, com as mãos besuntadas de azeite e sardinha assada, a beber ceveja Super Bock, com uns pastéis-de-nata à mistura, com alguns locais e turistas infiltrados e surpreendidos, a cantar em coro algumas das letras do Pedro Abrunhosa, nos Jardinets de Gràcia, a praça emblemática entre as duas conhecidas ruas de Barcelona, a (hippie-chic) Gran de Gràcia e o (snob-chic) Passeig de Gràcia.


Ficámos sem saber se os "estrangeiros" presentes percebiam exactamente o que tinham que responder...


Também ficámos sem saber se "Loucas são as noites" traduzido para catalão realmente resulta... "Boges són les nits"?


Despois, veio o melhor da festa (desculpa, Pedro!), com um "cocktail" de músicas portugueses dos anos 80. E foi ver estes portugueses realmente felizes, aos saltos e a cantar qualquer coisas como:
Sobe sobe balão sobe, vai pedir àquela estrela que me deixe lá viver e sonhar... Em play-back, em play-back, em play-back... Uma da manhã ei bem bom, duas da manhã bem bom, já três da manhã ei bem bom...Addio, adieu, aufwiedersehen, Goodbye, Amore , amour, meine liebe, love of my life...
Entre muitas outras...



Só faltou escutar "Portugal na CEE", já que vinha muito a propósito neste dia...