9 de julho de 2010

Dúvida jurídica...













Isto é uma violação “estatutária”??

ou trata-se de um erro “monumental”???