28 de março de 2014

E enquanto Portugal (também as bandeiras) está de pernas para o ar...




Fonte: Toix